Notícia

Ciência: faça experimentos incríveis sem sair de casa!

Atenção! Dentro de casa, você está cercado! Cercado de ciência por todos os lados!
Os cômodos podem conter química, física, biologia, geografia… Não acredita?

Pois, então, cancele os compromissos e aceite um convite para produzir experimentos incríveis sem arredar pé do seu doce lar. Hoje a lição é no quarto!

ciencia-em-casa

Por que existem dias e noites?

Que tal uma passadinha pelo quarto? Olhe pela janela e inspire-se, porque você vai saber como surgem os dias e as noites! Primeiro, reúna os seguintes materiais:

  • Uma bola de isopor (20 centímetros de diâmetro) para representar a terra;
  • Um palito de churrasco (ou algo semelhante) para sustentar a bola de isopor;
  • Alguns palitos de dente para visualizar as sombras;
  • Um abajur sem cúpula com uma lâmpada comum para representar a luz do Sol, que iluminará diretamente a nossa Terra de isopor.

Não se esqueça de deixar o quarto bem escuro para visualizar bem as sombras dos palitos, que devem ser fincados na bola de isopor.

Então, vamos lá!

Atravesse a bola de isopor com o palito de churrasco. Posicione o foco de luz mais ou menos a meio metro da bola. A luminosidade deve ser apontada na direção do centro da terra. Segure o palito inclinado em relação à vertical, como na figura.

Agora você está pronto para entender porque existem os dias e as noites! Na parte iluminada da Terra, que está recebendo diretamente a luz do Sol, é dia. Na outra, sem luminosidade, é noite. Colocando um palitinho na parte em que é dia e girando lentamente a Terra veremos que ele vai perdendo a luminosidade direta do Sol, ou seja, a região onde ele está vai escurecendo, até que fica totalmente sem luz, o que representa a noite.

Se continuamos girando devagar a Terra, o palito começa a receber luz aos poucos, representando o dia novamente. E assim acontece com o nosso planeta, que gira em torno do si mesmo, num movimento que se chama rotação e que se completa a cada 24 horas, aproximadamente. Repare, ainda, que quando amanhece para nosso palitinho, as sombras são bem compridas. Ao meio dia, a sombra é menor, e à tarde ela vai aumentando à medida que anoitece. Não é o que nós vemos todos os dias?

Espero que tenha gostado desse experimento. Compartilhe com seus amigos! 
Aproveitando que você já está no quarto, só nos resta dizer… Boa-noite!

Fonte: Ciência Hoje
Autora: Cathia Abreu